O titulo é uma alusão ao poema Cidadezinha qualquer de Carlos Drummond de Andrade.

Minha vida está muito besta.

Estou num imenso vazio. Procurando sentido no que tenho feito, mas infelizmente não encontro. Falta alguma coisa. Acho que falta o sentido de criatura e criação. Quero dizer: estou longe da criação, portando vivendo sem sentido.

Como um filho longe do pai. É assim que me sinto.

Eita vida besta meu Deus.